Pastor Elcio Lourenço
Mensagens do Eterno para o seu coração
Textos

Às vezes a convivência é difícil (3 verdades sobre relacionamentos)

A sensação de ser injustiçado um dia baterá a sua porta.



Não importa a idade, o status, a riqueza, as convicções – um dia desses você vai acabar sendo cobrado pelo que não deve. E há coisa pior que ser um prisioneiro sem culpa?

A razão de as pessoas tentarem nos prejudicar nos deixa, às vezes, cismados: Por quê?

A resposta somente pode ser acessada mediante a avaliação da realidade bíblica, e envolve pelo menos 3 pontos sobre tais pessoas:


1)    Porque têm em sua natureza anseios de grandeza e poder, que as levam a buscar boas respostas – para que, assim, possam inflar seus egos, mesmo agindo erradamente e se afastando de Deus – de maneira que a muitos magoam.
 
“Portanto, diz: Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes.” Tg 4
 


2)    Porque são apegadas ao mal, e se guiam por comandos específicos que envolvem inveja, soberba, ira, vingança. Não se importam com as coisas espirituais, fazendo de Deus pouco caso.
 
“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamon.”Mt 6:24
 


3)    Porque continuamente se sentem agitadas – sem paz, sem alegria – elas repudiam qualquer pessoa que possa parecer estar bem. Querem que todos a sua volta se sintam derrotados – como elas mesmas se sentem -, afinal é mais fácil nivelar por baixo.

Um bom exemplo:

Duas mulheres foram levadas à presença do rei Salomão. Elas tinham um problema grave: ambas alegavam ser mãe de um único menino vivo, pois o outro  havia morrido. Ao ouvirem o veredicto do rei, porém, se portaram de modo diferente, pois a que perdera o filho APLAUDIU a idéia de cortar a criança da outra ao meio, pois se ela não tinha mais filho, queria que a outra também sofresse a mesma perda, dor e frustração. Felizmente, o sábio rei viu que aquela que abrira mão (não queria que mutilassem a criança) era a verdadeira mãe.



“Mas a mulher, cujo filho era o vivo, falou ao rei (porque as suas entranhas se lhe enterneceram por seu filho), e disse: Ah! senhor meu, dai-lhe o menino vivo, e de modo nenhum o mateis. Porém a outra dizia: Nem teu nem meu seja; dividi-o.” I Rs 3
 
Mesmo que hoje você se sinta perseguido por aqueles que teimam em querer roubar sua alegria, saiba que Deus é maior do que o desafio de estar perto desta pessoa.
 
Os frutos do Espírito, cujos componentes são suaves, delicados e agradáveis – como o amor, paz, bondade, mansidão e temperança – serão presença contínua em sua vida.
 
E o veneno que tenta lhe aborrecer? Ele será anulado, pelo poder de Deus.


 
“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” 
Rm 12:9-21



www.pastorelcio.com
Pastor Elcio
Enviado por Pastor Elcio em 20/07/2011
Alterado em 22/07/2011
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras